segunda-feira, 21 de março de 2011

CIBERCONEXÃO SÃO PAULO - SANTA CLARA

@ “Aqui quem escreve é um ex riograndense que se "exilou" em São Paulo há 40 anos, mas que tem vínculos estreitos com o Rio Grande do Sul.
Sou nascido em Cachoeira do Sul, mas por acaso, haja vista que meus pais por um certo momento de suas vidas terem fixado residência por lá.

Cheguei a vc por acaso. Tenho um grande amigo chamado Ruy Armando Gesinger, leitor de seu blog, com quem tive o grato prazer de conviver anos atrás quando labutei junto ao poder judiciário. Ele postou algo a respeito de Lajeado  e aí logo me despertou curiosidade  ler seu blog.

Lajeado é para mim um elo bastante próximo pois minha mãe prestou seus estudos em sua cidade em tempos muito idos. Me contava muitas histórias a respeito disso no colégio das freiras onde esteve internada.  Como escondia as verduras nas roupas para não ter que come-las obrigada.
Contava de um colega que nasceu em Santa Cruz do Sul  chamado Romeu Seibel que passava correndo pelas colegas de classe no corredor do educandário e as fazia derrubar a mala que continha os aparatos de estudo, como livros, cadernos, lápis etc. Esse moço, mais tarde, se estabelece na cidade do Rio de Janeiro e se torna internacionalmente conhecido como Chiquinho do Acordeon. Tive a oportunidade anos depois por motivo de trabalho com musica ter cruzado com ele e lembrado as histórias passadas no colégio em Lajeado. Mas enfim, curiosidades e lembranças que ficam guardadas num cantinho do cérebro e eventualmente são trazidas a baila por um ou outro motivo.


Li diversas postagens de seu blog e acabei como por osmose caindo dentro do site da Prefeitura de Santa Clara, onde minha mãe nasceu e lá esta descansando num túmulo junto a seu pai Dr.Frederico Eggler.

Lendo o histórico do site da Prefeitura Municipal me causou estranheza nenhuma citação ao nome do Dr. Eggler.

Meu avô era o proprietário do Hospital de Santa Clara do Sul e que depois foi legado as Irmãs quando do falecimento do mesmo. Foi citado um dos ex-proprietários, Carlos Schnorr que segundo me consta não seria médico. E meu avô, certamente, sob o conceito do pesquisador histórico que registrou sua pesquisa no site da Prefeitura, nada representou junto a comunidade de Santa Clara do Sul.

Certamente não é o que pensam os membros da comunidade onde meu avô até hoje conserva o mais alto conceito como um homem ímpar em sua integridade como médico e como membro da comuna. Deixou uma folha de inúmeros trabalhos como pesquisador na área da saúde e claro como médico.
Ele e seu irmão, Dr. Pedro Eggler que veio se estabelecer na cidade de Santa Cruz do Sul, mais precisamente na localidade de Monte Alverne.

Mas isso é assunto para outra ocasião. Este é apenas para cumprimentá-la pelo blog e entrei como seguidor do mesmo. Vou acompanhá-lo com a devida atenção.”

Ivanhoé Eggler Ferreira

2 comentários:

  1. Parabêns Laura, agora sim você tem um Blog bacana!

    ResponderExcluir
  2. A sala de cirurgia do hospital ,em Santa Clara ,leva o nome do bisa Dr.Frederico EGGLER E A TIA ILSE (filha) está enterrada ao lado do pai e irmã de nome ASTA.

    ResponderExcluir